Notícias SE MEU CARRO FALASSE 11/09/2015

Na oficina sem o Marido, Irmão ou Pai?!

Imagem Artigo

Na oficina sem o Marido, Irmão ou Pai?! Dicas para ser esperta e conseguir um bom atendimento e ótimo preço!

Riza Braga, de Belo Horizonte

Sempre que vou à oficina realizar qualquer tipo de serviço de manutenção, primeiro peço um orçamento detalhado do que é necessário ser feito em meu possante.  O segredo é passar confiança quando se pede informações, tenha uma postura firme: “preciso do orçamento prévio detalhado, ou não vou fechar o negócio”.

O orçamento deve ser dividido em duas partes: serviços e peças. Porque quero saber o que vou pagar e quanto por cada item. Depois de receber o orçamento, faço uma breve pesquisa na internet, entendo o serviço e as peças de troca propostos pelo mecânico. É difícil entender, mas ligo para outras oficinas, explico a situação do carro e me certifico de que o procedimento sugerido é o melhor. Como? Se a maioria delas me informar que o indicado é de praxe, confio. Se não, levo-o para outras vistorias.

Só depois de averiguar, fecho o negócio. É trabalhoso, mas é o melhor a se fazer! – Lembrando que estou sempre aqui presente para ajudar nas análises na medida em que for possível! Contem comigo e tenham sempre o telefone de três mecânicos confiáveis.

Ah! Para o orçamento dos serviços peço sempre: a descrição da atividade, horas gastas para executá-la,  preço por hora e valor total. Exemplo: montagem de freio, substituição da bateria, troca de óleo, etc…

Para peças e material, exijo: a descrição das mesmas, a marca e o modelo, além de todos os ligantes complementares necessários às montagens dos componentes, como: parafusos maiores, correias, abraçadeiras, etc… Lógico, aquelas peças que fazem diferença no custo…

Repetindo: não é muito fácil descobrir um problema mecânico, mas podemos evitar muitos enganos com uma postura firme, coleta de dados e um conhecimento prévio – mesmo que pouco – sobre o assunto antes de aceitar quaisquer propostas de manutenção.

Divisória Simples
Veja Também

 Deixe um Comentário

Para deixar seu comentário, se não estiver logado, registre nome e e-mail.
Não existem comentários ainda. Seja o primeiro a comentar.
Confira Mais Notícias