Notícias SE MEU CARRO FALASSE 07/01/2016

Café Racer - Estilo único e despojado dos anos 50

Imagem Artigo

Uma nova moda em meio aos apaixonados por duas rodas está ganhando o mercado, a Café Racer. Além de agregar um estilo exclusivo à moto, a tendência Café Racer pode garantir mais tranquilidade quanto ao roubo. Afinal, uma motocicleta Café Racer não atrai ladrões, porque tem poucas peças originais e pode facilmente se diferenciar das outras.

O estilo surgiu na Inglaterra, quando os jovens ingleses preparavam suas máquinas de marcas como Triumph, BSA e Norton para disputar pequenas corridas, entre um café e outro – aí se originou o nome. No Brasil, a tendência ganhou popularidade nos últimos anos. Aqui, motos como a Honda CG 125 são transformadas em máquinas únicas e cheias de atitude.

Se interessou pelo estilo? Então saiba um pouco da história de como ele surgiu:

No início dos anos 50, quando a moda “Teddy Boy” era popular, a maioria dos anúncios da indústria de bicicletas passou a se votar aos entusiastas da motocicleta. Naquela época, as bicicletas eram utilizadas principalmente para o transporte, ao invés de apenas servir para esporte ou diversão. Tudo isso mudou com a erupção do Rock ‘N’ Roll. Essa rebelião da juventude viu a necessidade de um tipo especial de bicicleta, e logo pensaram nas motos personalizadas.

THE MAN FROM RIO, Jean-Paul Belmondo, 1964

Os principais motivos para ter uma moto padrão convertida em uma Café Racer foram: A necessidade de obter maior velocidade, e ser legal em todos os lugares (de preferência onde você pudesse ouvir Rock `N' Roll), além de ser simplesmente diferente. Essas máquinas não só foram feitas para transportar o mais rápido possível, mas também diziam muito sobre você e sua atitude diferente. Com essas motos, que não eram facilmente disponíveis no mercado, os jovens se sentiam únicos. Na década de 50, era uma “obrigação” que a aparência da moto combinasse com o seu estilo.

Embora houvesse algumas motos muito rápidas à venda, depois dos modelos BSA, Norton, Triumph ou Velocette, não havia nenhum modelo muito potente. Uma bicicleta forte na época tinha cerca de 40 a 45 cv.

Em meados dos anos 50, os motociclistas começaram a colocar motores Triumph em corpos Featherbed Norton. Quando os motores Triumph foram considerados poderosos, e os corpos Norton e forkes proporcionavam um excelente comportamento na estrada, um novo tipo de bicicleta nasceu, a TRITON. Uma motocicleta com uma excelente qualidade de movimentação.

cafe racer3

Acessórios como cauda especial, tubos de escape personalizados e tanques de combustível de liga leve deram um toque especial e individual para cada Cafe Racer. Hoje, embora existam muitas parecidas nas estradas, raramente você vê duas exatamente iguais. Todas são diferentes, adaptadas às necessidades e gosto de cada proprietário. 

Customizar a sua moto ou comprar uma Café Racer pronta?

Quem curte o estilo Café Racer pode optar por duas coisas: comprar uma motocicleta pronta nesse estilo ou personalizar a sua moto. Para comprar, no Brasil temos a Triumph Thruxton, por exemplo, que é uma releitura inglesa clássica dos anos 60. Ela custa cerca de R$ 32.490. Agora se você quiser personalizar a sua magrela, pode procurar uma das muitas oficinas do país, que transformam qualquer moto em uma Café Racer.  A transformação pode variar muito de preço, tudo depende do quê você quer personalizar na moto.

Divisória Simples
Veja Também

 Deixe um Comentário

Para deixar seu comentário, se não estiver logado, registre nome e e-mail.
Não existem comentários ainda. Seja o primeiro a comentar.
Confira Mais Notícias